Trabalhando com redirects dentro do WordPress

Redirecionamentos no WordPress

Os redirects ou redirecionamento de páginas são muito utilizados por alguns motivos:

  • Troca de domínio
  • Alteração de URL de uma página específica
  • Alteração no nome da página (que alterar sua URL)
  • Entre outros…

Existem muitas formas de fazer um redirect no site em WordPress.

  • Via Apache
  • Via Ngnix
  • Plugins no WordPress
  • Funções do próprio WordPress

As duas primeiras não mencionaremos aqui neste post, pois a intenção é não mexer na hospedagem para isso.

Através de plugins

O jeito mais simples é através de plugins, mas não é meu preferido.

Os plugins consomem mais recursos do seu servidor que uma simples função nativa do core do WordPress, mas para quem não quer mexer no código, fica bem mais fácil

Alguns plugins que fazem redirecionamentos de página:

Através do functions.php

No functions.php colocamos um filter para disparar a função redireciona_projeto.

Nesta função abaixo, irei redirecionar a página de categorias ‘projeto’ e redirecionar para uma página específica ‘nosso-projeto’.

add_filter('template_redirect', 'redireciona_projeto', 10, 3);

function redireciona_projeto( $url, $term, $taxonomy ) {
  if ( is_category( 'projeto' ) ) {
  $url = site_url( '/nossos-projetos' );
  wp_safe_redirect( $url, 301 );
  exit;
  }
  return $url;
}

Da mesma forma, podemos modificar um pouco o código para redirecionar uma página que teve sua URL modificada por exemplo.

add_filter('template_redirect', 'redireciona_post1', 10, 3);

function redireciona_post1( $url, $term, $taxonomy ) {
  if ( is_single( 'nome-antigo' ) ) {
  $url = site_url( '/novo-nome' );
  wp_safe_redirect( $url, 301 );
  exit;
  }
  return $url;
}

Tipos de Redirect

Uma explicação básica sobre os tipos de redirects, o que você realmente precisa saber.

Dois tipos são os mais utilizados para quase tudo.

O 301 e o 302. Vamos às diferenças.

O Redirect 301

Este é o Redirect Permantente, ou seja, mudou um site de domínio, usa o 301. Mudou o nome de uma página (em definitivo), usa sempre o 301.

Com isso, o Google também começará a re-indexar seus resultados passando a entender que a página que deve ser indexada é a nova, tirando com o tempo a velha do seu índice.

O Redirect 302

Este é um Redirecionamento Temporário, um exemplo que eu gosto bastante é um e-commerce que vende um produto, e este produto agora está sem estoque.

Você tem três opções:

  • Excluir o produto – Na minha opinião a pior opção
  • Deixar como está e colocar um botão de “Avise-me” quando disponível
  • Fazer um Redirect 302 para um produto similar.

E basicamente é isso, espero que gostem.

Deixe uma resposta