Novidades no Easy Engine 4

Novidades do easy engine 4

O Easy Engine é uma mão na roda para quem utiliza servidores VPS em suas hospedagens de sites WordPress.

A novidade é a versão 4 desta beleza chamada Easy Engine.

Não vou entrar muito nas partes básicas do Easy Engine, que este não é o foco deste post (prometo fazer um sobre o básico do easy engine caso queiram), mas aqui irei falar sobre as principais alterações para quem começou a usar agora a versão 4 e antes utilizava a 3.

Instalação do Easy Engine 4

Um simples script da mesma forma que a versão antiga

wget -qO ee https://rt.cx/ee4 && sudo bash ee

E pronto, todos os módulos já serão instalados. (Com o PHP 7.2 atualmente em jan/2019)

Principais novidades da versão 4

  • PHP 7
  • Redis cache – único cache
  • Hospedagens virtuais de e-mails não existem mais
  • Limite de 25 sites por servidor
  • Escrito em PHP, usando WP-Cli
  • Docker agora gerencia tudo pelos seus containers

WP-Cli e composer

A primeira coisa que senti falta foi o wp-cli pois dei um comando e ele não abriu…

Mas aí então percebi que ele está instalado “internamente” no site criado pelo Easy Engine e fica bem melhor desta forma, pois cada um tem o seu.

Para “acessar” o site, digamos assim, e você ter acesso tanto ao wp-cli quanto aos arquivos, deverá colocar assim na linha de comando:

ee shell nomedosite.com.br

Então você estará do raiz (htdocs) do site, podendo utilizar o wp-cli da melhor forma que quiser. (da mesma forma o composer)

Ferramentas Admin

As ferramentas Admin são poderosíssimas.

Para instalá-las você deve digitar o comando

ee admin-tools enable nomedosite.com.br

Serão instaladas as seguintes ferramentas

  • opcache-gui – nomedosite.com.br/ee-admin/opcache-gui.php
  • phpinfo – nomedosite.com.br/ee-admin/phpinfo.php
  • phpMyAdmin – nomedosite.com.br/ee-admin/pma
  • phpRedisAdmin – nomedosite.com.br/ee-admin/pra
  • MailHog – nomedosite.com.br/ee-admin/mailhog
  • php-fpm ping – nomedosite.com.br/ee-admin/ping
  • php-fpm status – nomedosite.com.br/ee-admin/status
  • nginx status – nomedosite.com.br/ee-admin/nginx_status

Depois você poderá ver seu usuário e senha com o comando

ee auth list global

E adicionalmente também suas informações do banco de dados, para um acesso phpmyadmin por exemplo.

ee site info nomedosite.com.br

Após mexer no que você precisa, poderá desabilitar todas as ferramentas admin com um comando só

ee admin-tools disable nomedosite.com.br

Migrando seu site da versão 3 para a 4

Não achei muito simples fazer a migração diretamente pelo script, preferi fazer minhas migrações manualmente, abaixo coloco o passo a passo de como fiz estas, tendo o controle total sobre tudo.

Passo 1 : Exportar bando de dados (hospedagem antiga)

wp db export

Passo 2 : Copie seu arquivo sql (da exportação) para o /htdocs/wp-content/uploads

Passo 3 : Copie todo o conteúdo das pastas /htdocs/wp-content/themes e htdocs/wp-content/uploads

Passo 4 : Crie uma nova instância no seu servidor VPS e instale o Easy Engine 4

wget -qO ee https://rt.cx/ee4 && sudo bash ee

Passo 5 : Crie o site

ee site create nomedosite.com.br

Passo 6 : Copie os arquivos (que foram copiados no passo 3) para sua nova hospedagem. Para isto, vai precisar acessar o wp-cli

ee shell nomedosite.com.br

Depois copie o conteúdo via scp (ou como melhor achar)

Passo 7 : Importe o banco de dados

wp bd import nomedoarquivo.sql

Passo 8 : Altere o DNS da nova instância do VPS

Passo 9 (opcional) : Caso tenha ssl no seu domínio, ative-o agora.

exit 

Para sair do shell.

ee site update nomedosite.com.br --letsencrypt

FIM

Simples, não é? Se tiverem dúvidas ou sugestões, deixem abaixo.

Deixe uma resposta